Os Cereais

Vai uma boa taça de controvérsia com leite?

A noção que tenho de mim mesma deixa-me dizer que sou uma pessoa lerdinha e muito ingénua nalguns domínios da vida. O acto de comer cereais é um deles.

Pensei que não havia muito por onde divergir neste assunto.

Há quem goste de cereais e há quem não goste.

Quem não gosta, não come. Quem gosta, enche a taça com o conduto seco, verte leite fresco em cima e come. Simples, certo?

Pois, não. Cada vez que o senhor meu marido decide comer cereais, o cão do Chocapic, o coelho do Nesquik, os sobrinhos do Pato Donald que representam os cereais Trio e todas as outras mascotes choram.

Portanto:

  1. Ele começa por encher a taça com cereais e parece que vai correr tudo bem.
  2. Tapa-os com leite.
  3. Começa o horripilante filme de terror: ele assassina a mistura no microondas. Quando sai, é uma mixórdia morta e espapaçada.
  4. Para rematar, espeta umas poucas colheradas de açúcar lá no meio e mistura tudo muito bem.

Não sei se ele compreende que flocos de aveia e “flocos de cereais” não são a mesma coisa, ou se pretende patentear uma nova espécie de papa.

Quem diz que a vida conjugal é uma seca? Aqui há emoção e surpresas deste género diariamente.

Good AfterNunes

Que é como quem diz: boa tarde, esta é a chafarica dos Nunes!

O parto foi difícil, mas aqui está: finalmente está no ar este blog mais ou menos familiar onde impera a palavra do pai, mas também há-de vir cá mãe dar uns lamirés. A filha não está autorizada a meter aqui o nariz, com o Espírito Santo também não queremos nada.

O conteúdo? Há-de ser imprevisível como o estado do tempo.

Pode conter vestígios de amendoins.